O Grupo Depois das Cinco leva alegria, diversão, literatura e cultura popular para crianças e adultos há quase 15 anos. Originário de Brasília (DF), o Grupo traz na bagagem brincadeiras, repentes, emboladas, teatro de bonecos, música e muita animação, embalados em espetáculos de diversos formatos culturais.

Banda de rock Tumba Lá Catumba, As Bondosas, Cinco Minutos, Cordel das Três Donzelas, Cordel para Crianças e Trio Encantado, são alguns dos espetáculos criados pelo Grupo.
 
Literatura de Cordel

Cordel para Crianças
 
O estímulo ao gosto pela leitura de cordel, com seu relato popular, simples e rimado, através do uso da linguagem cênica, fez com que o Cordel para Crianças se tornasse a grande paixão e um dos carros chefes do grupo, pois foi onde tudo começou.

O espetáculo tem como objetivo levar a literatura de cordel a escolas de regiões consideradas vulneráveis, onde as crianças têm menos chances de assistir a eventos culturais. O elenco de atores, cantores e instrumentistas encena a história de um grupo de cordelistas que viaja pelo Brasil divulgando autores populares de contos rimados. 

Outro grande espetáculo do Depois da Cinco que leva alegria e muita animação para a criançada é o Trio Encantado, que atende a primeira e segunda infância com cancioneiro popular e brincadeiras para os pequenos que estão descobrindo o mundo.
 
Rock’ n’ roll para crianças

Banda Tumba Lá Catumba

A banda Tumba Lá Catumba é famosa na capital federal por alegrar o carnaval das crianças em blocos de rua e por participar de projetos culturais em shoppings e salas de teatro da cidade. A banda foi criada em 2009 com o objetivo de levar rock’n’roll para as crianças. Desde 2009 vem desenvolvendo um trabalho multidisciplinar voltado ao público de todas as idades e que envolve teatro, música e audiovisual.

Na sua formação, seis atores/músicos se apresentam como personagens-monstros que esbanjam simpatia, humor e passam muita alegria para a criançada. São eles: Frankistina, Monstralilica, Elvira, Lobsbom, Escamoso e Zé Zumbi.
 
Reconhecimento e premiações

Em 2010, o Depois das Cinco recebeu o prêmio “Mais Cultura de Literatura de Cordel”, na categoria difusão pela montagem do espetáculo “Cordel das Três Donzelas”. Desde então foram promovidos circuitos pelas escolas públicas do Distrito Federal, em zonas rurais e urbanas com apoio do FAC – Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal.

No ano de 2017, o Depois das Cinco foi novamente contemplado com nova premiação: recebeu o prêmio “Culturas Populares Leandro Gomes de Barros”, do Ministério da Cultura, como reconhecimento pelo conjunto de ações realizadas na difusão da Literatura de Cordel.

Para o grupo, é uma grande satisfação poder transmitir de forma lúdica e teatral as fantásticas histórias da literatura de Cordel para crianças e ainda incentivar sua perpetuação no ambiente escolar.

Quando se apresenta nas escolas, o Grupo distribui folhetos de Cordel, todos escolhidos através de parcerias com a Academia Brasileira de Literatura Cordel e de Arievaldo Viana (in memorian), poeta cordelista e autor do projeto “Acorda Cordel na Sala de Aula”.
 
Quem é o grupo?
 
O Grupo Depois das cinco sempre buscou diversificar e agregar novos parceiros, contribuindo ainda mais, com a transversalidade e o intercâmbio entre grupos e artistas. Foi criado por Anna França, Rogério Almeida e Lívia Maria. Atualmente tem como coordenadores e produtores Anna França e Rogério Almeida, mas ao longo da sua trajetória o Grupo Depois das Cinco contou com a colaboração de importantes figuras da cultura candanga, tendo como parceiros e convidados especiais o seguinte elenco:

Parceiros – Kaká Taciano, Gabriel Lourenço, Flávio Leão, Leonardo Monteiro, Valderio Costa,
Jirlene Pascoal e Bruno Ribeiro.
 
Diretores – Rachel Mendes, Zé Regino, Jonathan Andrade, Miriam Virna e Ana Flávia Garcia.
 
Músicos – Lucas Ferrari, Diogo Cerrado, Pablo Ravi e Mateus Ferrari.     

Em cena, os coordenadores!

Anna França
Anna França

Formada em Artes Cênicas, licenciatura e bacharelado, pela Faculdade Dulcina de Moraes e com diversos cursos na área de teatro e cinema, Anna França é atriz, diretora, autora e produtora cultural.

Fez parte do Grupo Dulcina, onde atuou e trabalhou em diversas peças teatrais.

É a fundadora do Grupo Depois das Cinco, em que atua como atriz, autora, produzindo e dirigindo espetáculos.

Estreou seu primeiro monologo, Cinco Minutos, de Jonathan Andrade, com direção de Jonathan Andrade e Rachel Mendes, em 2016, e o musical Tumba La Catumba & O Sumiço da Pandeirola, com direção e dramaturgia de Miriam Virna e direção musical de Mateus Ferrari.

Protagonizou, por 3 anos, a campanha publicitária local (DF) do título de capitalização Capital Cap, com a personagem Flor.

Participou dos filmes New Life S/A, de André Carvalheira e Teoria do Ímpeto, de Marcelo Faria.

Também participou como atriz da série Mil Dias, de History Channel e como produtora na Mostra de Curta Metragem Brasília em Plano Aberto, com curadoria de Wol Nunes e Mauricio Witczak , edições 2017 e 2019.

Coordena as ações sociais Chapada Sorrindo e Natal da Chapada, realizadas no vilarejo de São Jorge, Chapada dos Veadeiros (GO).

Realiza ações de teatro comunidade pelo Grupo Depois das Cinco, como o circuito rural Cordel Para Crianças.

Atualmente está concluindo mestrado em Teatro pela Universidade de Évora – Portugal, onde participou das montagens Medéia e Ainda Há Tempo.

Rogério Almeida

Músico, Produtor Audiovisual e Cultural.

Estudou violão e contrabaixo na Escola de Música de Brasília e violão de 7 cordas na Escola Brasileira de Choro Raphael Rabello. Como músico integrou os grupos Pé de Cerrado e Música Instrumental Clóvis na Venda.

No Grupo Depois das Cinco, além de coordenador, é diretor musical e produtor dos espetáculos: Cordel para Crianças, Cordel das Três Donzelas e O Bicho não é Papão. Produz e elabora projetos culturais desde 2009.

Atuou como ator nos filmes New Life SA, que teve direção de André Carvalheira e Capitão Astúcia, dirigido por Felipe Gontijo.

Coordenou o projeto de lançamento Nacional da Banda Tumba La Catumba, com turnê em São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Cuiabá, Belo Horizonte e Brasília, além dos primeiros clipes e o desenvolvimento do aplicativo da banda.

É editor de vídeo do Canal E da Secretaria de Educação do Distrito Federal desde 2009, onde também dirigiu o programa O Nome da História.

Confira alguns dos trabalhos audiovisuais:

Ainda Há Tempo

Um dia no Arvoredo

Diário de Anna

Programa O Nome da Historia 

Programa Nosso Cerrado





Ligue para nós

(61) 97400 7448 – Cultura Candanga
(61) 99688 5175 – WhatsApp
grupodepoisdascinco@gmail.com

Facebook
Instagram

Warning: Illegal string offset 'share_counts' in /home/grupodepoisdascinco/www/wp-content/plugins/simple-social-buttons/simple-social-buttons.php on line 477